Gigante Embraer fecha contrato com líder mundial American Airlines, para desenvolver aeronaves com tecnologias de ponta, como propulsão elétrica, hidrogênio e híbrido

Gigante Embraer fecha contrato com líder mundial American Airlines, para desenvolver aeronaves com tecnologias de ponta, como propulsão elétrica, hidrogênio e híbrido

A parceria para desenvolver aeronaves sustentáveis foi firmada entre a Embraer e a American Airlines. As duas empresas pretendem, juntas, implantar diversas tecnologias inovadoras nos veículos.

A Embraer (EMBR3) revelou uma parceria significativa com a American Airlines na busca por aeronaves sustentáveis. Nesta terça-feira, 26, a Embraer anunciou a assinatura de um Memorando de Entendimento (MoU) com a American Airlines, permitindo que a companhia aérea dos Estados Unidos se junte ao Grupo Consultivo do Projeto Energia. Este grupo é composto por uma equipe de companhias aéreas, empresas de leasing de aeronaves, fornecedores e outros especialistas em aviação, todos trabalhando juntos para desenvolver aeronaves com tecnologias sustentáveis para o futuro, de acordo com o site Infomoney.

A American Airlines trabalhará em estreita colaboração com o Grupo Consultivo e a Embraer na definição dos requisitos de desempenho e design para as quatro aeronaves-conceito Energia. Essas aeronaves, que variam de 9 a 50 assentos, serão impulsionadas por tecnologias de propulsão elétrica, de hidrogênio e híbridas.

Este compromisso conjunto visa criar a próxima geração de aeronaves sustentáveis com tecnologia, reduzindo significativamente as emissões de carbono na aviação comercial. A Embraer e a American Airlines trabalharão em conjunto para estabelecer os requisitos do mundo real para a aviaçãosustentável, visando a uma solução livre de emissões que também seja comercialmente viável.

O projeto energia da Embraer: rumo à sustentabilidade

O Projeto Energia da Embraer é um esforço dedicado a explorar uma ampla variedade de conceitos sustentáveis para a aviação de até 50 passageiros. Este projeto de tecnologia inovador considera diversas fontes de energia, arquiteturas de propulsão e design de fuselagem, com o objetivo de reduzir as emissões de carbono em até 50% até 2030. Para a Embraer, essa é uma etapa crucial em direção à sua meta de ser carbono neutro até 2050.

A aviação é um dos setores mais desafiadores em relação às emissões de carbono, e a busca por aeronaves mais sustentáveis é fundamental para reduzir o impacto ambiental dessa indústria. Ao desenvolver aeronaves que utilizam tecnologias avançadas de propulsão, como elétrica, de hidrogênio e híbrida, a Embraer e a American Airlines estão demonstrando seu compromisso com um futuro mais limpo e ecológico para a aviação.

Uma parceria estratégica para a sustentabilidade

A parceria entre a Embraer e a American Airlines é um passo significativo em direção à inovação e à sustentabilidade na aviação com o uso de tecnologias de ponta. Trabalhando em conjunto com outras empresas do Grupo Consultivo, eles estão moldando o futuro da aviação comercial, desenvolvendo soluções que não apenas reduzem as emissões de carbono, mas também garantem a viabilidade comercial.

Esta colaboração destaca a importância da indústria aérea em sua transição para uma abordagem mais sustentável, contribuindo para um futuro em que as viagens aéreas sejam mais amigas do ambiente e alinhadas com os objetivos de neutralidade de carbono.


https://clickpetroleoegas.com.br